Ter um estoque é muito importante para todos os nichos de atuação no mercado e, com a farmácia magistral não é diferente. Um bom gerenciamento do estoque mantém um bom fluxo de vendas, o que resulta no retorno financeiro saudável.

Veja aqui quais erros que podem levar à falta ou ao excesso de produtos e saiba como gerenciar seu estoque.

Erros comuns no gerenciamento do estoque

É comum cometer alguns erros no gerenciamento do estoque, o que pode prejudicar o seu orçamento. Para que não falte insumos e nem haja excesso, selecionamos os erros mais comuns. Verifique se você está cometendo pelo menos um deles. Confira quais são e faça uma boa gestão de estoque em sua farmácia magistral.

1. Não controlar a entrada de mercadorias

Uma boa gestão de estoque requer controlar a entrada de mercadorias. Um dos erros que muitas farmácias de manipulação cometem é confiar no fornecedor e não conferir os produtos. Saiba que erros no processo de gerenciamento do estoque podem acarretar na falta de insumos, afetando assim, suas vendas e lucros.

Portanto, confira sempre o que lhe foi entregue manualmente ou através de um software de gestão.

2. Comprar um mesmo princípio ativo de variadas marcas

É importante se atentar a esse ponto, pois um mesmo item pode se apresentar sob diferentes marcas. Comprar insumos com nomes comerciais diferentes, mas que, quimicamente falando, são as mesma coisa, pode causar o excesso desse produto. Observe com atenção a especificação dos produtos no controle de entrada para que não haja excesso.

3. Não ter uma planilha ou software com o registro de tipos de insumos por fornecedor

É importante ter uma planilha que tenha o registro do tipo de insumos farmacêuticos que cada um dos seus fornecedores oferece. Planilhas eletrônicas são ferramentas que podem ajudar bastante, porém, o melhor é investir em softwares de gerenciamento. Dessa forma é possível reduzir custos e administrar melhor a sua farmácia magistral.

4. Não checar o estoque periodicamente

Um bom gerenciamento do estoque requer um controle periódico dos lotes, bem como de vencimentos dos insumos no estoque. Fazer uma checagem do estoque com regularidade diminui o risco de perda de produtos, já que os insumos possuem data de vencimento e esta pode ter sido alcançada.

É indicado realizar a checagem de estoque ao menos uma vez por mês e prevenir diversas situações na gestão de estoque da sua farmácia magistral. Isso ajuda, inclusive, na compra de mais insumos, já que você terá um controle maior do que está faltando abastecer. Dessa forma você tem mais facilidade em saber quais os produtos que têm mais e menos saída.

Agora que você já conhece os principais erros no gerenciamento do estoque da farmácia magistral, evite-os, seguindo as nossas dicas.

Inscreva-se em nosso blog e tenha mais dicas sobre Farmácia Magistral!

Referências: Febrafar, Checklistfácil e Neo Química.