Os estabelecimentos de serviços essenciais, como as farmácias de manipulação, mantiveram suas portas abertas e seu fluxo normal, mesmo durante a pandemia da Covid-19. Entretanto, isso também fez redobrar a responsabilidade de profissionais farmacêuticos no cuidado com a saúde dos clientes e também no autocuidado. Afinal, é preciso adotar medidas de prevenção ao novo coronavírus nas farmácias, para que ela não se torne um foco de contaminação. 

Diante dessa situação, é fundamental que a farmácia tome todos os cuidados possíveis para proteger clientes e equipe farmacêutica. Isso faz parte de um conjunto de ações recomendadas por órgãos de saúde nacionais e internacionais. Sendo assim, é imprescindível que a farmácia adote estratégias para evitar o contágio.

Gostaria de saber como sua farmácia pode se proteger e proteger os clientes? Então, continue a leitura para tornar sua farmácia um ambiente seguro!

TENHA UM TOTEM DE ÁLCOOL EM GEL 

Como você deve saber, locais que permaneceram com o atendimento ao público devem oferecer álcool em gel para seus visitantes. É uma maneira de garantir que todos estejam com as mãos higienizadas, evitando que objetos na farmácia sejam contaminados. Além disso, fique atento para o uso de máscaras, alerte os clientes sobre a necessidade do uso antes de entrar na farmácia. Caso a pessoa não tenha, ofereça uma na entrada.

Se possível, crie turnos para que funcionários da farmácia se encarreguem de garantir que os clientes cumpram com as normas sanitárias. Pequenas medidas como essas, evitam que a farmácia seja local de contaminação.

CONTROLE A QUANTIDADE DE PESSOAS E DISTÂNCIA ENTRE ELAS NA FARMÁCIA

Outra medida essencial que a farmácia deve implementar, é sobre a lotação do espaço. Analise quantas pessoas a farmácia é capaz de atender de maneira segura. Isso inclui que elas estejam separadas pela distância mínimo da 1,5m, evitando o contato próximo umas com as outras. Aliás, uma das medidas de prevenção ao coronavírus nas farmácias que se tornou popular, foi delimitar com um “X” onde as pessoas devem ficar paradas nas filas. O método é fácil, prático e eficiente.

PROTEJA A EQUIPE FARMACÊUTICA

O contato frequente com o público faz com que os colaboradores farmacêuticos estejam mais expostos ao vírus. Sendo assim, reforce com a sua equipe os cuidados para evitar o contágio, alerte sobre a responsabilidade individual e tome medidas como aferir a temperatura diariamente de todos. Reforce com os funcionários que se alguém apresentar algum sintoma, deverá ficar em casa e acatar as medidas de saúde necessárias.

CRIE MEDIDAS PREVENTIVAS PARA CASOS SUSPEITOS

É possível que você receba na sua farmácia pessoas suspeitas de estarem contaminadas com o novo coronavírus. Dessa maneira, caso esse paciente se desloque até sua farmácia, já no primeiro atendimento, verifique os sintomas e reserve uma área especial para o seu atendimento. Essa é uma forma de minimizar as chances de contaminação. 

ADOTE O DELIVERY FARMACÊUTICO

Informe os seus clientes sobre a possibilidade de entrega domiciliar de manipulados e produtos farmacêuticos. Sendo assim, planeje como serão as medidas de segurança na entrega desses itens e oriente entregadores e clientes. Sobretudo, além de ser outra forma de manter o funcionamento do negócio e assistência à saúde, faz parte das medidas de prevenção ao coronavírus nas farmácias. 

Esperamos que essas dicas sejam essenciais para ajudar no dia a dia da sua farmácia. Continue informando a sua equipe e os clientes sobre a importância da prevenção e porque é essencial que todos façam sua parte.

Compartilhe nosso artigo nas suas redes sociais! Assim, colegas de profissão também poderão conhecer e reforçar suas medidas de prevenção ao coronavírus nas farmácias.

Referências: Hilab e Guia da Farmácia