Controlar os custos em uma empresa é essencial para todos os setores e é o objetivo de vários empresários. Mas como reduzir custos na farmácia?

Para isso é importante fazer uma análise dos indicadores para assim identificar quais são os gastos e se eles são necessários. Ao entender os números de sua farmácia, você conseguirá otimizar os gastos e aumentar a lucratividade.

Conheça aqui algumas maneiras de reduzir as despesas da sua farmácia.

Dicas para reduzir custos na farmácia

Embora muitos não se atentem a essa questão, reduzir custos na farmácia é uma vantagem competitiva. Controlando os gastos, a formação dos preços de venda é melhorada, o que atrai mais clientes à sua farmácia. Para isso, considere:

1. Analisar a contabilidade

Antes de cortar algum custo em sua farmácia, faça uma análise integral dos gastos para se ter um bom planejamento. Considere se reunir com o setor financeiro e os administradores uma vez ao mês para expor os problemas e resolvê-los. Tenha uma lista de despesas com seu histórico de saídas para que vocês possam identificar serviços e gastos desnecessários. Dessa forma, você tomará decisões com base nos números do seu estabelecimento, mantendo a boa saúde financeira da farmácia.

2. Reduzir custos internos

Pode parecer que não, mas pequenos gastos desnecessários quando somados, geram despesas altas. Usar, indiscriminadamente, a energia elétrica está entre as maiores despesas. Para solucionar esse problema:

  • Considere a entrada de luz solar ao máximo, assim você poderá apagar as luzes.
  • Não deixe os equipamentos em stand by.
  • Restrinja o uso de copos descartáveis, incentivando o uso de copos individuais, como canecas.
  • Pela manhã, abra as janelas ao invés de ligar o ar condicionado, já que a temperatura está mais ameno.

3. Planejar melhor o estoque

A maior parte do capital investido da sua farmácia de manipulação está no estoque e por isso requer um bom planejamento. Para evitar grandes prejuízos, é necessário se atentar às necessidades do mercado, focando na estocagem de insumos mais utilizados. Produtos parados podem ter seu prazo de vencimento atingido e, por outro lado, não investir na compra de insumos de maior saída, prejudica suas vendas.

Para não ter nenhum desses problemas, contrate um sistema de cadastro de produtos por código de barras. Ele permitirá uma redução de erros relacionados ao estoque, de forma considerável. Isso porque você terá controle da quantidade de insumos estocados, seu prazo de validade e do melhor período de compra.

4. Focar em estratégias para descontos

Oferecer descontos de forma mal planejada acabará comprometendo sua margem de lucro, ou seja, quanto mais vendas a farmácia possui, mais no vermelho ficará. Ao conceder descontos nas fórmulas, seja estratégico! Para isso, seja mais agressivo nos preços de fórmulas que os clientes mais compram.

5. Divulgar sua marca economicamente

Tendo um bom layout da sua marca, aposte nas redes sociais, anúncios em sites, newsletter, entre outros canais. Esses são canais de publicidade mais baratos e permitem que sua marca fique visível, atingindo o público-alvo desejado.

6. Contratar com cautela

A rescisão contratual gera muitas despesas e para reduzir custos na farmácia, é importante saber contratar. Faça uma avaliação completa do candidato, analisando suas referências pessoais e profissionais. Durante o período de experiência, aproveite-o de forma inteligente para analisar seu perfil e desempenho profissional.

Selecione pessoas capacitadas a assumir uma postura ideal para o atendimento ao público voltado para a área farmacêutica. Lembre-se de que a rotatividade de funcionários resulta em altos custos com verbas rescisórias.

Quer mais dicas valiosas para a sua farmácia de manipulação? Inscreva-se em nossa newsletter e receba semanalmente conteúdo de valor para seu negócio!

Referências: Farmarcas, HOS e CDV Farma.