As manchas na pele são mais comuns do que imaginamos e causam muito incômodo, principalmente entre as mulheres. Porém, é possível clarear as regiões acometidas com um tratamento para manchas específico para cada tipo de problema. Elas podem ser classificadas em três tipos: acromias, hipocromias e hipercromias. As mais escuras são classificadas como hipercromia, ou hiperpigmentação.

Dentre as hipercromias, podemos listar o melasma corporal, o melasma facial, a hipercromia pós-inflamatória. Todos estes tipos resultam em manchas escuras, com contornos irregulares. Além disso, podem ser causadas por vários fatores, como gravidez, luz solar, idade avançada, genética ou alterações hormonais. Quer saber as opções para contornar o problema? Continue a leitura!

A junção de peeling e ativos clareadores no tratamento para manchas

Os procedimentos como os peelings químicos e físicos são muito recomendados para combater as manchas. Entretanto, são realizados por profissionais habilitados e promovem a descamação na pele, deixando-a mais clara.

Existem também ativos que possuem função clareadora e estes podem ser usados em conjunto ao procedimento estético. São substâncias encontradas em dermocosméticos que potencializam o efeito clareador de manchas.

O efeito do peeling na pele pode tratar manchas superficiais ou profundas, promovendo sua renovação. No tratamento para manchas, esse procedimento pode ser somado à utilização de um dermocosmético com ativos clareadores.

Contudo, cada um dos ativos despigmentantes tem características e indicações específicas. Portanto, cada substância é indicada para um tipo de mancha, variando com o grau de intensidade do escurecimento da pele.

As substâncias com ativos clareadores podem ser encontradas em dermocosméticos, isto é, loções, cremes e pomadas. Contudo, ao usar os dermocosméticos aliados ao tratamento do peeling, pode-se promover uma cor mais homogênea da pele.

Então, conheça uma lista de ativos clareadores e eficazes para combater as manchas de pele!

Ativos clareadores para tratamento de manchas

Listamos aqui alguns ativos clareadores que são utilizados no tratamento para manchas. Conheça!

1. INACLEAR®

O Inaclear® é um princípio ativo que inibe as manchas escuras nas camadas superficiais da pele. Reduz também a produção excessiva da melanina, clareando as manchas significativamente. É um composto puro, desenvolvido seguindo um alto padrão de qualidade e segurança.

No primeiro mês de uso, os resultados já são notados, diminuindo a intensidade da mancha. Após os três primeiros meses, além da intensidade, diminui o tamanho da superfície da mancha.

2. Cisteamina

Ativo que tem a capacidade de reduzir a produção de melanina na epiderme. Contudo, corrige também o melasma e as manchas pós inflamatórias. É indicado para pessoas com manchas resistentes e melasmas pós gestacionais. Além disso, com o ativo de uso tópico, podem também ser reduzidas manchas causadas pelos raios solares.

3. Arbutin

Tem origem natural, que clareia as manchas sem irritar a pele. Ao longo do seu uso tópico, a ação da melanina é bloqueada no local aplicado. Além disso, promove uma cor homogênea da pele.

Assim como estes ativos, podemos citar também o ácido ferúlico, glicólico, tranexâmico, fítico e tioglicólico, bem como as Vitaminas C e A.

Sobretudo, os dermocosméticos com ativos clareadores, como o Inaclear, podem ser usados após o peeling químico ou físico. Além disso, ao continuar o uso após o procedimento, pode-se prolongar o efeito de renovação da pele.

O uso prolongado dos dermocosméticos pode proporcionar efeitos potencializados de clareamento após o peeling, de forma segura. Ao mesmo tempo que reduzem a intensidade da mancha, podem reduzir o tamanho das áreas escurecidas, sem danificar a pele.

Acesse nosso site e conheça mais sobre os ativos clareadores!

Referência: Dermaclub.